Pawana

Estava em busca de um livro curto… Foi então que “Pawana” (J.M.G. Le Clézio – vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 2008) surgiu. Comprei pela Amazon, em capa dura. Já gostei do que vi. A edição de 2009 vem com ilustrações (incríveis) de Guazzelli. O livro tem exatas 55 páginas, as quais li em 3 dias (a ideia era ler em uma “sentada”, mas não foi dessa vez…)

O livro é uma pequena obra de arte. Curto, porém intenso. Repleto de melancolia e nostalgia, mostra como o homem pode ser ignorante e destruidor e, mesmo assim, pequeno diante do universo. Quando o homem destrói a natureza, destrói a si mesmo. E não sabe quando parar, pois sua ganância e cegueira lhe consomem até a alma. Incapaz de conviver com um ser maravilhoso como a baleia, a quer para si… Caça, retalha e se esvazia de todo o amor que poderia sentir só de observá-la nadar e ter seus filhotes em paz.

Originalmente escrito em 1992, o livro é bastante atual ao relatar a devastação, de forma condensada e brutal.

Recomendo a leitura!

Publicado por

Eli Leite

Apaixonada por livros, filmes, poesia, textos, histórias e estórias

Um comentário em “Pawana”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.