Lágrimas

Photo by Aliyah Jamous on Unsplash

Lágrimas…
Envolvem os olhos, afogam esperanças
Tornam o rosto cheio de carência
Rolam facilmente, sem obstáculos para tropeçar
Molham o chão, regam a tristeza
Lágrimas por nada, ou pelo mundo
De alegria ou êxtase, de desamor e perda
Lágrimas à toa ou com rumo certo
Que vão direto aos lábios, amargas
Estão lá para reinarem, armadas
Quando omitidas, mostram sua ira
E travam batalhas para vencer
Os cílios cedem e sangram, derrotados
A vista é lentamente banhada
E, enfim, lágrimas caem
Como as águas da cachoeira
Que procuram o leito do rio
E, com a corrente seguem seu rumo,
Apenas a montanha permanece
A face triste é abandona
Por lágrimas que secarão ao sol…

Eliana Leite

1991

Publicado por

Eli Leite

Apaixonada por livros, filmes, poesia, textos, histórias e estórias. Publilquei meu primeiro livro, "O Último Bilhete" em agosto de 2019 na Amazon (e-book).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s