Ordem

Perdoa o olhar, inseguro.

A voz, tímida.

Escuta o coração, batendo.

O corpo, gritando.

Esquece o mundo,

As pessoas.

Volta para o abrigo.

Impede o vento de apagar

A vela acesa, única.

Cala as palavras, vazias.

Sente o amor,

Que parte…

Eliana Leite

(1994)

Publicado por

Eli Leite

Apaixonada por livros, filmes, poesia, textos, histórias e estórias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.